in

Bolsonaro vota de colete à prova de balas, após nova ameaça de morte

Sob forte esquema de segurança, candidato votou usando colete a prova de balas com orientação e escolta da Polícia Federal

Por volta das 9 horas da manhã, deste domingo (28), o candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro do PSL, votou em um colégio eleitoral do Rio e Janeiro, onde também acontece segundo turno para governador do estado.

Horas antes de chegar, a Polícia Federal que vêm acompanhando o candidato, fez uma varredura no local de votação de Bolsonaro, e em todo o percurso que o candidato faria desde a saída de sua residência até o local de votação.

O candidato vem sendo orientado pela Polícia Federal, devido ao eminente risco de um novo atentado.

Foi possível perceber que Bolsonaro vestia um colete à prova de balas. Ele entrou por trás de sua zona eleitoral, para evitar ficar parado em aglomeração de eleitores, o que poderia fragilizar sua segurança.

Na saída chegou a ocorrer um pequeno tumulto de pessoas querendo chegar perto do candidato o que gerou um trabalho  a mais aos policiais que faziam a escolta.

Bolsonaro pediu aos seus eleitores que votem de forma pacifica  e não respondam a provocações de eleitores adversários.

No dia 06 de setembro, Bolsonaro sofreu um atentado a faca quando realizava um ato de campanha em Juiz De Fora (MG). O candidato precisou passar por três cirurgias no abdômen e ficou mais de um mês hospitalizado, o que prejudicou sua campanha na chamada fase do “corpo a corpo”.

 

Segundo o General da Reserva Heleno, o candidato sofreu novas ameaças de morte, que forma registradas pela Polícia Federal que investiga o caso.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇


Thumbnails" widget to render:

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Estudante de veterinária amputa patas de cão saudável para testar conhecimentos

Jair Bolsonaro é o novo presidente eleito do Brasil